FUTEBOL URUGUAYO:

'' É uma religião nacional. A única que não tem ateu. Somos poucos: 3,5 milhões de uruguayos. É menos gente do que um bairro de São Paulo. É um país minúsculo. Mas todos futebolizados. Temos um dever de gratidão com o futebol. O Uruguay foi colocado no mapa mundial a partir do bicampeonato olímpico de 1924 e 1928, pelo futebol. Ninguém nos conhecia.

O futebol uruguayo é o melhor? Não. No mundo guiado pelas leis do lucro, onde o melhor é quem ganha mais, eu quero ser o pior. Não poderíamos sequer cometer o desagradável pecado da arrogância. Seria ridículo para um país pequeno como o nosso. Não somos importantes, o que é bom. Neste mundo de compra e venda, se você é muito importante vira mercadoria. Está bom assim.

Como explicar Uruguay?.... Somos um pouco inexplicáveis. Aí é que está a graça".

EDUARDO GALEANO - Escritor

sexta-feira

O JOGADOR URUGUAIO PABLO FORLÁN FOI JOGADOR DO SÃO PAULO


Pablo Forlán (Soriano14 de julho de 1945) é um ex-futebolista e ex-técnico uruguaio. É pai do atacante Diego Forlán.
Campeón Mundial - 1966

Como futebolista profissional Pablo Forlán jogou pelo Peñarol entre 1963 e 1970, São Paulo entre 1970 e 1976, Cruzeiro em 1977, Nacional de Montevidéu em 1978 e Defensor Sporting entre os anos de 1979 e 1984. Durante sua carreira venceu a Liga Uruguaia 7 vezes (1964, 1965, 1967, 1968, 1978, 1980, 1982), a Copa Libertadores (1966), Campeonato Mundial de Clubes (1966) e o 

Campeonato Paulista (1970,1971,1975). Jogou pela Seleção Uruguaia nas Copas de 1966 e 1974. Foi ídolo de são-paulinos e manyasDepois de aposentar-se como jogador de futebol, Pablo Fórlan assumiu o cargo de técnico do São Paulo em 1990. Foi o técnico Fórlan que levou Diego Aguirre, para jogar no São Paulo.

Campeão da Taça Libertadores de América 1966
Campeão do Mundo 1966


AnosClubes
1963 - 1970
1970 - 1976
1976
1977
1978
1979 - 1984
Uruguai Peñarol
Brasil São Paulo
Uruguai Peñarol
Brasil Cruzeiro
Uruguai Nacional
Uruguai Defensor Sporting