FUTEBOL URUGUAYO:

'' É uma religião nacional. A única que não tem ateu. Somos poucos: 3,5 milhões de uruguayos. É menos gente do que um bairro de São Paulo. É um país minúsculo. Mas todos futebolizados. Temos um dever de gratidão com o futebol. O Uruguay foi colocado no mapa mundial a partir do bicampeonato olímpico de 1924 e 1928, pelo futebol. Ninguém nos conhecia.

O futebol uruguayo é o melhor? Não. No mundo guiado pelas leis do lucro, onde o melhor é quem ganha mais, eu quero ser o pior. Não poderíamos sequer cometer o desagradável pecado da arrogância. Seria ridículo para um país pequeno como o nosso. Não somos importantes, o que é bom. Neste mundo de compra e venda, se você é muito importante vira mercadoria. Está bom assim.

Como explicar Uruguay?.... Somos um pouco inexplicáveis. Aí é que está a graça".

EDUARDO GALEANO - Escritor

sábado

JOGADOR URUGUAIO ALBERTO MARTÍN ACOSTA MARTÍNEZ

Alberto Martín Acosta Martínez, mais conhecido como Acosta (Montevidéu,13 de janeiro de 1977), é um futebolista uruguaio que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Brasiliense.


Origens

Filho do volante Alberto Acosta, que atuou no Corinthians nas décadas de 1980 e 1990, Beto Acosta iniciou sua carreira no Defensor Sportingem 1994.

Cerrito e Peñarol

Em 1997, foi para o Platense e, no ano seguinte, foi para o Cerrito onde conquistou o Campeonato Uruguaio da segunda divisão em 2003. Em 2005, transfere-se para o Peñarol, onde conquistou a Copa Montevideo em 2006.

Náutico

No início de 2007, após uma rápida passagem pelo ASKO Kara, de Togo, Acosta transferiu-se para o Náutico, onde se transformou em grande ídolo. Após marcar alguns gols no Campeonato Pernambucano deste ano, destacou-se no Campeonato Brasileiro da Série A, assinalando 19 gols. Foi o vice-artilheiro da competição abaixo apenas do atacante do Paraná ClubeJosiel, que fez vinte gols. Em vista disso, foi indicado (e venceu) como melhor atacante do campeonato junto a Josiel para a Bola de Prata de Placar e para a premiação oficial da CBF. Também no Náutico Acosta ganhou o apelido de Lula Molusco dos torcedores e da imprensa pernambucana, por ser muito parecido com o personagem de um desenho animado.

Corinthians

Graças ao bom futebol demonstrado por este jogador, passou a ser sondado por outras grandes equipes do futebol brasileiro, comoSantosCruzeiroFluminenseSão Paulo, entre outros. Foi contratado pelo Corinthians, de São Paulo, time pelo qual disputou a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, após uma bela passagem pelo Náutico. Chegou ao o Timão e depois de alguns jogos acabou indo para a reserva. Porém Acosta surpreendeu e ficou marcado por ser um jogador de grande velocidade, e marcando gols importantes durante a Copa do Brasil 2008, fazendo uma dupla com o argentino Herrera, ambos levaram o Corinthians a final da Copa do Brasil 2008, chegando ao Vice-Campeonato. Durante a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2008 - Série B, Acosta fraturou a perna, mas, ainda assim, conquistou o título. Também conquistou o Campeonato Paulista de Futebol de 2009.

A volta ao Náutico

A passagem de Acosta pelo Corinthians não foi das melhores. O jogador, que tinha um dos mais altos salários do elenco, não repetiu as atuações do Náutico. E, para piorar, ainda sofreu uma fratura na tíbia da perna esquerda que o deixou oito meses longe dos gramados. Em 2009 ele voltou a trabalhar com os companheiros, mas, com o Corinthians tendo contratado atacantes como Souza,Jorge Henrique e, principalmente, Ronaldo Fenômeno, o atleta não chegou a ser utilizado pelo técnico Mano Menezes. Sem chances de atuar pelo clube paulista, com quem tinha contrato até o final de 2009, o uruguaio pediu para ser liberado e o Corinthians atendeu.
Em maio de 2009, Acosta retornou por empréstimo ao Náutico, clube que o projetou para o Brasil. No entanto, como não conseguiu manter uma boa sequência de jogos, devido ao acúmulo de lesões sofridas, o uruguaio foi devolvido ao Corinthians em setembro de2009. Depois, em outubro, novamente retorna ao Náutico, mas ao final do ano, com o rebaixamento do clube pernambucano para aSérie B do Campeonato Brasileiro, regressou ao Corinthians.

Brasiliense

Em fevereiro de 2010 cogitou-se sua ida para o Oeste de Itápolis, mas após indefinição na liberação por seu clube uruguaio, o Cerrito, Acosta acabou permanecendo no Uruguai chegando a fazer parte do elenco do Defensor. Em julho Acosta acertou sua transferência para o Brasiliense onde conquistou o Campeonato Brasiliense de Futebol de 2011.

Seleção do Uruguai

Acosta já defendeu a Seleção do Uruguai 23 vezes e marcou 9 gols. ___________________ 

Notas